Quem sou eu

Minha foto
Mineira,professora graduada em Normal Superior e Letras,posgraduada em psicopedagogia e supervisão escolar. Atualmente estou atuando como supervisora pedagógica , do maternal 3 ao 5º ano. Sejam bem vindos(as)!!!

sábado, 25 de junho de 2016

Jogo dos pares sonoros

Conteúdo especifico: Densidade, timbre

Recursos: Seis caixinhas, potinhos ou rolinhos idênticos, contendo diferentes materiais ( arroz, feijão, pedrinhas)para que as crianças possam organizar os pares sonoros.

Metodologia: O educador deve dispor as embalagens aos educando para que possam livremente explorar o material. Os alunos deverão  organizar os pares de acordo com os sons.


Brumadinho, na Grande BH, é uma das cidades mais musicais de MG

http://redeglobo.globo.com/globominas/terrademinas/noticia/2016/06/brumadinho-na-grande-bh-e-uma-das-cidades-mais-musicais-de-mg.html

Além das cinco bandas da cidade, o Instituto Inhotim realiza um projeto que ensina instrumentos de cordas aos jovens.

Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é uma das cidades mais musicais de Minas Gerais. O município com pouco mais de 34 mil moradores tem cinco bandas. Uma delas é a corporação musical Nossa Senhora da Conceição que surgiu na década de 1920.
O maestro Joaquim de Sale, de 70 anos, aprendeu a tocar por influência da família. “Eu fui estudando, estudando, consegui pegar um instrumento. Aí aos 12 anos eu consegui ingressar na banda e não parei mais”, contou. Ele toca trompete e clarineta, mas é na regência que ele completa a história do pai.
A cidade também conta com um projeto musical do Instituto Inhotim que fica em Brumadinho. Lauanda, de 14 anos, faz aulas de violoncelo três vezes por semana, mas já domina
vários instrumentos, como o saxofone.
“Aqui as vezes cada professor tem um método de ensinar, você junta com o de um, pega conhecimento ali, e isso tudo junto no final você vai adquirindo mais conhecimento, aprendendo mais, é muito importante”, disse.
O Projeto de Cordas de Inhotim existe há quatro anos. Cerca de noventa crianças e adolescentes, entre dez e 18 anos, participam das aulas de música.
eles aprendem a ler partituras musicais, descobrem ritmos.
“As crianças entram aqui sem conhecer praticamente nada de musica, alguns deles não sabem sequer qual é um instrumento de orquestra, e aqui eles conhecem o instrumento”, contou o maestro e diretor artísticos dos projetos de música de Inhotim, César Timóteo de Oliveira Santos,
O processo de seleção dá preferência para alunos da rede pública que moram em Brumadinho. As aulas são gratuitas. Outras informações aqui.