Quem sou eu

Minha foto
Brumadinho, MG, Brazil
Ivani Ferreira é professora e blogueira . Possui graduação em Letras pela Faculdade Asa de Brumadinho (2006), Normal Superior pela Universidade Federal de Montes Claros(2005), especialização em Psicopedagogia pela Universidade Federal Castelo Branco (2007), Supervisão Pedagógica pela FINON (2008). Professora efetiva na rede Municipal de Brumadinho desde 2005, porém, atua na rede municipal com turmas da Educação Infantil , Ensino Fundamental 1 e 2 , desde o ano de 2002. Trabalhou como supervisora pedagógica na Escola Municipal Leon Renault- Brumadinho/MG (2013- 2016). Atualmente trabalha como professora da Educação Infantil na EMEI Nair das Graças Prado em Brumadinho/MG. Sejam bem vindos(as)!!!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Plano de aula: Animal doméstico/ cão

EMEI Conceição de Itaguá -2011
     Plano de aula /maternal 2
 Professora:Ivani Ferreira

Tema: Animal doméstico/cãozinho.

Os animais domésticos estão presentes no dia-a-dia da maioria das pessoas. O que poucos sabem é que essa relação é muito antiga. O primeiro animal a ser domesticado pelo homem foi o cão. Depois, vieram o boi, a cabra, o carneiro, o elefante, o gato, o cavalo e todos os outros que conhecemos atualmente. Além de fornecer alimentos, esses animais serviam de companhia e ajudavam os grupos humanos primitivos a sobreviver em segurança. Com o tempo, muitas espécies tornaram-se também "de estimação", conquistando o carinho  e a admiração de seus donos. Nesta semana vamos conhecer um pouco mais sobre o melhor amigo do homem, que é o cão.
Objetivos:
Ø Conhecer animal doméstico/cão.
Ø Observar as características de um caõzinho.
Ø Vivenciar a experiência de receber a  visita de   um cãozinho na escola.
2ª feira: Ler o livro “A Amizade custa pouco da autora  Gessy Carísio de Paula.

Amizade custa pouco e vale muito... É uma verdade! Mas somente para quem usa de boa vontade! Na casinha do cachorro, lá no fundo do quintal, veio esconder um gatinho com medo do temporal! O cãozinho não gostou da sua presença ali.
Rosnou, latiu, empurrou:- Já pode sair daqui!- A minha casa é pequena, não dá espaço pra dois! Onde já se viu combinarem cão e gato!... Ora, pois
O gatinho respondeu com um olhar lacrimoso: - Não faça isto comigo, o tempo está tão chuvoso! - Logo que tudo cessar, você fica... eu pulo o muro, muito embora já esteja ficando tudo tão escuro! - A noite cai bem depressa e os trovões estão tão fortes... Tenha paciência comigo, deixe-me ficar, não se importe!


 Está bem, disse o cãozinho, com um ar muito importante, mas chegue bem lá pro canto e que não seja implicante! E o tempo foi passando... passando... a chuva caía, caía... o vento assobiando e a enxurrada escorria...

Pela porta da casinha começou a penetrar. O cãozinho se molhando, começou a se afastar... ...mais para o fundo da casa, onde se encolheu o gatinho.
Este só olhou por baixo e continuou bem quietinho! Não tinham uma coberta, nem um trapo pra se embrulhar... O jeito era, na certa, se enroscarem pra esquentar! Vez por outra, o cãozinho abria um olho só, para ver como o gatinho tremia... Fazia dó! E a dona do cãozinho não teve nem condição de levar-lhe um agasalho ou um prato de refeição...


Acanhado, o cachorrinho foi-se chegando, chegando, ao canto onde o gatinho se encolhia, ronronando! Chegou bem humildemente e pedindo de mansinho: - Posso deitar-me aqui, ao seu lado, bem juntinho? - A chuva está tão fria e a casa toda molhada... Só restou este cantinho livre dessas poças d’água! - Venha, dou-lhe meu lugar, você é o dono da casa... Foi gentil me abrigando, logo esta chuva passa..
Na troca de gentilezas do gatinho pro cãozinho, abraçaram-se e dormiram bem juntinhos, bem quietinhos!


Amanheceu um sol lindo, sorrindo num novo dia. O gatinho espreguiçou-se e, devagarzinho, saía... Não queria acordar o cãozinho que dormia... Tão tranqüilo e sossegado... Depois agradeceria...


Ao chegar á porta, então, ouviu a voz do cãozinho: - Não se vá, fique comigo, sempre fui muito sozinho! Dividirei com você minha casa, meu cantinho, meu leite, meu cobertor, meu quintal, meu brinquedinho! O gatinho aceitou, mesmo por não ter morada... Ficava só pelos muros ou casas abandonadas!


Desde então, naquela casa, lá no fundo do quintal, ouviam-se só latidos misturados a “miaus”! Eram os dois amiguinhos, brincando de esconde-esconde, ou, fugindo pela grade, iam pro parque, bem longe! Depois voltavam alegres, caminhando lado a lado... O povo até parava ver o inusitado: Um cãozinho todo preto e um gato muito branquinho, amigos, vivendo juntos, sem rixas... bem alegrinhos! Este exemplo, meus amigos, vem dizer muito pra todos: “Vale mais uma amizade... Inimizade é para tolos!” Usou de boa vontade com Mimoso, o gatinho... Afirmando esta verdade, Totó, o negro cãozinho!

 
Fonte: retirada da internet

 

* Converse com as crianças sobre “cãozinho”. Este é o momento de envolvê-los no tema do qual, provavelmente, gostam muito:
Ø Quem tem um cãozinho em casa?
Ø Como ele se chama?
Ø Qual é a cor do caõzinho?
Ø O que ele come?

3ª feira:Brincando e Aprendendo.
 Música-CACHORRINHO ESTÁ LATINDO
Projeto: Cantando a gente Brinca
               Brincando a gente aprende.

Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.
Ô esquindô lê, lê!
Ô esquindô lê, lê, lá, lá!
Ô esquindô lê, lê!
Não sou eu que caio lá!
Cachorrinho está latindo
Lá no fundo do quintal.
Cala a boca, cachorrinho,
Deixa o meu benzinho entrar.

Brincadeira:

Quem está no centro da roda pula num pé só. O resto bate palmas, desenvolvendo o ritmo
PARTICIPANTES: No mínimo três.
ORGANIZAÇÃO: Em roda com uma criança no centro.
COMO BRINCAR: A turma gira e canta. No verso “Ô esquindô lê, lê!”, as crianças batem palmas. A do centro escolhe um colega. Os dois cantam essa parte pulando ora com um pé, ora com outro. A criança do centro cede o seu lugar para a escolhida da roda e todos recomeçam.
A Carrocinha 

A carrocinha pegou
Três cachorros de uma vez.

Tra lá lá
Que gente é esta,
Tra lá lá
Que gente má !

4ª feira:Filme “O Gigante Cão Vermelho”
Assistir ao filme Clifford o Gigante Cão Vermelho.
Sinópse: Clifford e seus amigos saem em uma viagem pelo país  e  entram em um concurso de talentos para ganhar um estoque vitalício de Tummy Yummies. Juntamente com novos amigos, incluindo Shackelford o High-Flying Ferret e Rodrigo Chihuahua de Aço, eles trabalham juntos para tornar uma apresentação ruim em um sucesso! Como sempre, o grande amor de Clifford faz  todos vitoriosos.
Após o filme conversar com os alunos sobre :
Ø Os personagens do filme;
Ø A cor  e tamanho do cão;
Ø O concurso/foram vitoriosos ou não?
5ª feira: Artes/dobradura do cãozinho.

6ª feira Surpresa!!!  A visita do cãozinho.

Reunir os alunos no pátio e prepará-los para receber o cãozinho. Falar dos carinhos e cuidados com os animais...não apertar...não chutar nem deixar cair.

Ø No decorrer da visita sentir a textura/pelo do cãozinho.
Ø Quantas patas ele tem?
Ø Qual a cor dele?
Ø Alguém tem um cãozinho em casa?


domingo, 19 de junho de 2011

Brumadinho tem sua história....

     Venha conhecer Brumadinho!!!    
     Brumadinho é uma cidade Brasileira do estado de Minas Gerais, sua população é estimada em 34.013 habitantes.
       O nome Brumadinho, deve-se ao fato da cidade  está próxima ao Brumado Velho (atual conceição de Itaguá)  
, que por sua vez, foi assim denominada pelos bandeirantes por causa das brumas, comuns em toda a região montanhosa em que se situa o município, especialmente no período da manhã.

 
 
 

 
 

 
 
 
 

 
 
 
 

 

 

 
 

 
 

 

 

 

 
 

 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 
 

 

 
 
 

 
 

 




          A cidade cresceu ao redor da ferrovia, atual centro da cidade.


             Os desbravadores da região Espinhaço Meridional onde hoje se situa o município foram bandeirantes paulistas, chefiados por Fernão Dias Paes Leme, que fundaram inicialmente um núcleo de abastecimento da bandeira, pousos de repouso de tropas e lugar de levantamento dos mantimentos. De ponto de abastecimento de víveres, passou a pequeno arraial de mineradores.

              O desenvolvimento da cultura cafeeira e a possibilidade de se extrair e exportar minérios de ferro, abundantes na região, provocaram a construção do ramal do Paraopeba da Estrada de Ferro Central do Brasil, fazendo nascer e desenvolver o povoado, com a chegada de trabalhadores e imigrantes estrangeiros. Começou assim o povoado a tomar aspectos de uma pequena cidade, já com um pequeno comércio estabelecido, várias moradias e uma população fixa de tamanho razoável.

              O nome Brumadinho foi dado à Estação construída no lugar e tem origem na derivação do nome do povoado mais próximo, Brumado.



    Brumadinho possui a "maior fonte de água mineral do mundo"segundo o jornal o estado de minas, por encontrar-se na serra que divide Brumadinho e Mário Campos.


 A cidade  é marcada por suas festas religiosas, em especial a festa de São Sebastião, padroeiro da igreja Matriz





 
 
      
A tradicional banda de São Sebastião.


    A tradicional banda de São Sebastião foi fundada em 13 de maio de 1929 pelo Senhor Tarcilio Gomes da Costa a Corporação Musical Banda São Sebastião (C.M.B.S.S.), Sendo ela, mais antiga que a própria cidade de Brumadinho.

      Seu registro oficial porem só aconteceu em 30 de novembro de 1957, no Cartório do 1º Oficio de Notas.
      Tão querida pelos habitantes da cidade, a banda sempre esteve e continuará a estar presente nas principais comemorações e eventos do município, como: a festa de São Sebastião(20 de janeiro), padroeiro da banda e do município.

Não se pode deixar de mencionar a sua participação em todas as procissões da semana santa, emocionando a todos.

    Brumadinho hoje é "cidade sede" e tem como principal atração turística o Parque Ecológico Inhotim. Inhotim é um lugar em contínua transformação, onde a arte convive em relação única com a natureza. Situado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (MG).
                              
                                 História de Brumadinho.

    O Município de Brumadinho está localizado na Zona Metalúrgica, no centro de importantes cenários da própria conquista de Minas Gerais. Os vales dos rios Pará, Paraopeba e das Velhas formavam, para bandeirantes paulistas, o "sertão das conquistas", além das serras da Mantiqueira e Espinhaço.
  Por uma curiosidade histórica, não acharam aqui, os bandeirantes, a sonhada Serra das Esmeraldas, fabuloso recanto natural que prometia incontáveis riquezas; mas, em compensação, seus descendentes ficaram situados dentro de uma das regiões mais ricas do mundo: o Quadrilátero Ferrífero.
  Em decorrência da Lei Federal nº 311, de 2 de março de 1938 – que reorganizou o quadro territorial da República -, o Governo de Minas Gerais baixou o Decreto-Lei nº 148, de 17 de dezembro de 1938, criando o Município de Brumadinho.    Portanto, nesse dia, comemora-se o aniversário da cidade. Em 1º de janeiro de 1939, na sede das Escolas Reunidas, houve uma Assembléia de moradores, com as autoridades nomeadas, e instalou-se o Município, que recebeu os foros de cidade.
  Antes de existir qualquer povoado no lugar onde está a cidade, as terras faziam parte do Distrito de Brumado do Paraopeba, pertencente ao Município de Bonfim. O nome de Conceição de Itaguá foi dado ao antigo Brumado do Paraopeba pela Lei Estadual nº 622, de 18 de setembro de 1914.
  Em 1923, pela Lei Estadual nº 843, de 07 de setembro, a sede do distrito passou para o povoado da Estação de Brumadinho, desaparecendo, como distrito, Conceição de Itaguá. Continuava, porém, o novo distrito de Brumadinho, pertencendo ao Município de Bonfim.
  Quando formou-se o novo Município, desligado de Bonfim, o mesmo decreto anexou-lhe os distrito de Aranha e São José do Paraopeba, saídos do Município de Itabirito e Piedade do Paraopeba, desmembrado do Município de Nova Lima.
Em 1953, Conceição de Itaguá volta a existir como distrito, pertencendo a Brumadinho (Lei Estadual nº 1039, de 12 de dezembro).
  Em 25 de maio de 1955, o Município foi elevado à categoria de Comarca Judiciária, coroando-se a sua maioridade. Antes, estava circunscrito na Comarca de Bonfim.
  A história de Brumadinho está dividida em duas fases distintas. A primeira, ainda no final do século 17 e início do século 18, com a ocupação do Vale do Paraopeba pelas bandeiras e entradas posteriores. Nessa fase, surgiram os povoados de São José do Paraopeba, Piedade do Paraopeba, Aranha e Brumado do Paraopeba. A segunda fase refere-se ao período de nascimento da cidade de Brumadinho propriamente dita, à época da construção do ramal do Paraopeba da Estrada de Ferro Central do Brasil, já no início do século 20.
  O primeiro prefeito do Brumadinho foi o Dr. Mário de Albergaria Santos, Engenheiro Civil e de Minas. Dirigiram o Município nos três últimos mandatos os prefeitos Candido Amabis Neto, Antônio do Carmo Neto e Candido Amabis Neto e Nery Braga.
  O nome "Brumadinho" deve-se ao fato do local estar próximo à antiga vila de Brumado Velho, que por sua vez teria sido assim denominada pelos bandeirantes por causa das brumas comuns em toda a região montanhosa em que se situa o município, especialmente no período da manhã.[carece de fontes?]
  Embora o município de Brumadinho seja atravessado pelas rodovias BR-381 (São Paulo-Belo Horizonte) e BR-040 (Rio de Janeiro-Belo Horizonte), o principal acesso à sede municipal a partir da capital é por uma estrada direta, através do município de Ibirité. Há uma curta divisa direta com o município da capital, mas localizada numa área montanhosa de difícil acesso.

Mais informações nos sites:

                  Curiosidades sobre a região  de Brumadinho:
 - apresenta o melhor clima da grande Belo Horizonte,
- possui a maior fonte de água mineral do mundo
- uma das atrações mais visitadas é a bela e histórica Fazenda Martins, com sua capela barroca, uma senzala e o pelourinho.
Quer mais? Além de ser a 8ª economia mineradora de Minas Gerais (Minas da MBR, Mannesmann e Vale do Rio Doce/Ferteco), o município é recordista mundial em produção de Cachaça Artesanal. Também foram pioneiros ao lançar a cachaça feminina "Segredo da Patriarca", além das "Brumado Velho", "Saideira" e "Boa Vitória.

Fontes:wwwcmdebrumadinho
Conversa com moradores
http://www.valedoparaopeba.blogspot.com/

Atribuições do professor/supervisor/coordenador escolar, de acordo como estatuto.

Art.286 – São atribuições da área de docência do magistério:
Ø participar da elaboração do Projeto Pedagógico da escola;
Ø executar o Projeto Pedagógico no que lhe couber;
Ø aplicar-se pela aprendizagem dos alunos;
Ø criar estratégias para recuperação do aluno
com menor rendimento;
Ø cumprir a carga horária anual estabelecida;
participar das atividades de planejamento,
Ø avaliação e desenvolvimento profissional;
colaborar na articulação da escola com as
famílias e a comunidade.

Art.287 - São atribuições específicas de Professor :
Ø o exercício de atividades educacionais de regência,
Ø orientação em bibliotecas,
Ø  recuperações paralelas
Ø  substituições eventuais efetivas na Educação Infantil, em creche ou escola da educação infantil, regência de turmas de 1ª a 5ª série do
ensino fundamental e por disciplina na extensão 6ª a 9ª séries.

Art.288 - São atribuições especificas do pedagogo:
Ø cooperar no planejamento e execução de
programas de atividades curriculares e sócio-culturais; .
Ø colaborar na elaboração e implementação do
projeto político pedagógico da escola;
Ø participar do processo de elaboração de regimento escolar, currículo pleno da escola, do calendário escolar e do horário de aulas;
Ø participar do processo de organização das
turmas bem como da distribuição das classes, por séries, aos professores da unidade;
Ø estudar, debater e sugerir medidas destinadas
à melhoria do processo ensino-aprendizagem;
Ø contribuir com o coletivo da escola para o
êxito do trabalho didático-pedagógico;
Ø elaborar e acompanhar estratégias de trabalho
para integração dos alunos com dificuldades
de aprendizagem;
Ø orientar os trabalhos de verificação de
aprendizagem e recuperação dos alunos para
as intervenções pedagógicas adequadas;
Ø analisar os resultados do processo ensino aprendizagem continuamente para as
intervenções pedagógicas adequadas;
Ø proporcionar aos alunos das últimas séries
informações sobre cursos e mercado de trabalho
existentes na região;
Ø favorecer a integração dos alunos no convívio
do grupo social;
Ø promover atividades de parceria escola família-
comunidade, favorecendo a integração do aluno no processo ensino aprendizagem;
Ø promover situação de aprendizagem permanente
da equipe de profissionais sob sua coordenação através da formação continuada em cursos, encontros pedagógicos e oficinas;
Ø acompanhar o trabalho do professor, fazendo
intervenções pedagógicas necessárias;
Ø orientar o planejamento das atividades extraclasse;
Ø incentivar e orientar a fundação de clubes de
leitura, grêmios literários, centros cívicos, jornal
 escolar e outros;
Ø colaborar na disciplina geral do
estabelecimento;
Ø articular situações que favoreçam o
envolvimento dos profissionais com questões
relacionadas a temas sócioculturais;
Ø subsidiar o trabalho da equipe de professores
sob sua supervisão, oferecendo bibliografia
atualizada.

Art.289 - São atribuições específicas da Coordenação Escolar:

Ø dirigir, orientar, coordenar e controlar as
atividades da escola;
Ø promover o aperfeiçoamento dos serviços
próprios da unidade;
Ø transmitir instruções e orientar os serviços
na execução das tarefas relativas a
unidade;
Ø controlar a frequência dos servidores na
unidade;
Ø responsabilizar-se pela documentação do corpo
discente;
Ø ministrar aulas (exercer as atribuições de
professor), em escolas com até 60
(sessenta) alunos;desempenhar tarefas afins.

DOS PARÂMETROS PARA FORMAÇÃO DE TURMAS

Art.241 - As turmas serão formadas dentro dos seguintes parâmetros:

Creche – (de 0 a 3 anos) Educação Infantil -15 alunos
Pré-escola – (de 4 a 5 anos) Educação Infantil -20 alunos
1ª a 2ª séries do Ensino Fundamental - 20 alunos
3ª a 4ª séries do Ensino Fundamental - 30 alunos
5ª a 9ª séries do Ensino Fundamental - 35 alunos
2º Grau - 40 alunos
                   Fonte: Estatuto dos servidores públicos de Brumadinho.
Para ler todo o estatuto entre no site: http://www.cmbrumadinho.mg.gov.br/site/component/jdownloads/?task=finish&cid=269&catid=13